Se a sua insatisfação com o trabalho tem aumentado nos últimos tempos, tome cuidado! Essa insatisfação pode te deixar doente num prazo de 10 anos.

A INSATISFAÇÃO E A SAÚDE

Trabalhar com o que você não gosta não é apenas algo horrível, mas também pode estar afetando, e muito, a sua saúde.

Segundo pesquisas da Associação Americana de Sociologia, a insatisfação no trabalho pode levar a problemas gerais de saúde em um prazo de 10 a 20 anos.

Segundo esse estudo, existe um efeito acumulativo de insatisfação no trabalho sobre a saúde, que aparece logo aos 40 anos.

Nessa pesquisa eles descobriram que as pessoas que eram infelizes logo no começo da carreira também eram as mais propensas a doenças aos 40 anos, especialmente os problemas mentais.

Essas pessoas eram as mais deprimidas, tinham mais problemas emocionais e distúrbios do sono e sofriam de excesso de preocupação.

A INSATISFAÇÃO E AS DOENÇAS

E as doenças físicas também eram as mais prováveis, como dores nas costas e gripes frequentes, já que o sistema imunológico cai consideravelmente com o elevado nível de stress e depressão.

Mas você não precisa chegar perto do fim de sua carreira para ver e sentir o impacto dessa insatisfação na sua saúde não é mesmo?

Preste bastante atenção aos sintomas físicos que você está tendo agora. Essas doenças que se apresentam no trabalho como: LER (Lesão por esforço repetitivo) ou DORT (Distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho), estão ali para te sinalizar que aquele trabalho não tem mais significado para você.

Algumas pessoas não conseguem perceber um sentido no trabalho que elas realizam. Fazem as coisas nas quais, não sabem para quê, qual é a finalidade de se fazer aquilo, não entendem e não encontram o verdadeiro sentido no que elas fazem.

É uma atividade mecanizada, onde não há a oportunidade de colocarem ali a sua criatividade e colaboração. Parece mais um trabalho escravo não é mesmo?

insatisfação

VOCÊ É ESCRAVO DO SEU TRABALHO?

Bem, quero levar você a fazer uma breve reflexão. Reflete um pouco comigo e me responda:

Você se sente um escravo seu trabalho atual ou um profissional livre?

No seu trabalho hoje, você faz algo diferente do que os escravos faziam lá na época da escravidão?

Se considerarmos na época da escravidão, como era a relação do escravo com o trabalho, notamos que ele fazia uma tarefa simplesmente porque tinha que fazer, porque era obrigado a fazer aquilo. Eles acordavam todos os dias e tinham a obrigação de fazer aquele trabalho, independente se eles gostassem ou não.

Mas era exatamente aquele trabalho feito automaticamente, sem satisfação, sem muito empenho, sem colocar a sua criatividade e seu amor que proporcionava para eles a garantia que eles precisavam, que era a alimentação e a moradia, supria as necessidades básicas para a vida deles.

E continuando nossa reflexão, pense e responda: Você está conduzindo a sua carreira, ou a sua ocupação profissional hoje diferente dos escravos, lá na época da escravidão? Faz algo diferente do que eles faziam ou é basicamente o mesmo?

Será que existe alguma correlação entre o seu trabalho atual com o trabalho dos escravos na época da escravidão?

Você acorda todos os dias só para cumprir tarefas e sente aquele desânimo para acordar ou acorda feliz e determinado a correr atrás dos seus sonhos, realizando um trabalho inspirador?

Sente-se cumprindo a sua missão e propósito de vida? Faz aquilo que tanto ama fazer?

Entenda que o seu trabalho tem que fazer sentido para você. Nós somos seres humanos dotados de Inteligência, não somos maquinas que simplesmente realizamos tarefas automaticamente.

Precisamos colocar o nosso intelecto, nossa participação especial e criatividade em tudo o que fazemos, e quando não nos sentimos úteis, criativos e reconhecidos abrimos as portas para que as doenças se instalem em nosso corpo físico.

CONCLUSÃO

Agora que você já sabe sobre os impactos da insatisfação na sua saúde, o que está esperando para tomar a decisão de realizar uma mudança em sua vida profissional?

Até quando vai ficar adiando, deixando para depois, para mais tarde ou “quando der”? Se continuar pensando e agindo assim, sabe quando isso vai acontecer? NUNCA!

Toda caminhada começa com os primeiros passos. Você não precisa sair correndo! Dê os primeiros passos e saia desse sistema de trabalho que não te satisfaz e não te realiza como pessoa. Você tem dons e talentos especiais que precisa descobrir, está tudo aí, dentro de você só aguardando você começar a usá-los.

Vamos lá, reinvente a sua própria vida e tenha saúde plena. Não espere ficar doente para só então pensar em mudar, talvez seja tarde demais.

Tenho ajudado muitas pessoas a superarem essa insatisfação e criar a vida e o trabalho que merecem. E posso te ajudar a fazer o mesmo!

Entre em contato comigo e comece já a mudar a sua situação.


Graça Almeida
Graça Almeida

Palestrante Motivacional, Coach, Mentora, Terapeuta Holística e Consultora em Registros Akáshicos.

    1 Response to "ATENÇÃO: SUA INSATISFAÇÃO PODE ESTAR TE DEIXANDO DOENTE"

Leave a Reply

Your email address will not be published.