Você sabia que a insatisfação no trabalho está alcançando índices alarmantes? Há um fato que afeta grande parte das empresas de todo o mundo e um número enorme de trabalhadores: as pessoas odeiam seus trabalhos. E, você? Sabe como isso pode impactar de forma drástica a sua vida?

DE ONDE SURGE A INSATISFAÇÃO NO TRABALHO?

Hoje quero falar como essa insatisfação acontece. Esta é uma epidemia viral. Com certeza você já ouviu de alguém frases parecidas com “Eu odeio meu trabalho” ou “Meu chefe me dá nos nervos”.

É triste, mas essa situação tem se tornado uma tendência desanimadora na vida de muitos profissionais e nas empresas.

Antes da semana de trabalho começar, o final de semana já termina com aquela depressão de domingo. A insatisfação no trabalho já começa só de pensar na proximidade da segunda-feira.

Mas também, não é para menos. Ao acordar na segunda-feira, é preciso correr para a empresa e suportar cerca de 2 horas de trânsito para finalmente chegar.

Tem ainda que aguentar um chefe desagradável. Aquele tipo clássico que se orgulha em mandar e quer que todos saibam que ele é o chefe. Esse tipo de gestor adora levar todos os créditos do trabalho em equipe.

Cada dia consiste das mesmas tarefas monótonas. Para agravar o problema, toda a equipe tem o mesmo sentimento de insatisfação e cansaço.

E o que é ainda pior: as ideias e solicitações são sempre ignoradas. Assim, não têm noção de como está indo no trabalho, porque não recebe feedback e também não sabe como anda a carreira profissional.

Não se lembra da última vez que aprendeu algo novo.

Depois de todos esses anos, ainda não entendeu a missão da empresa em que trabalha.

Insatisfação no trabalho02

SUA MOTIVAÇÃO É O SALÁRIO?

Com um dia a dia assim, o trabalho feito não traz absolutamente nenhum valor a sua vida. E a cada dia que passa, se pergunta o que está fazendo ainda lá. Mas não tem coragem de pedir demissão, pois precisa do salário.

Fica constantemente se perguntando se terá meios para pagar, em um futuro distante, o financiamento de sua casa. Ou talvez até tenha um pouco de dinheiro sobrando para viajar nas férias com a família

As estatísticas mostram uma situação catastrófica. Não é nenhuma surpresa que 88% das pessoas admitam que não possuem nenhuma paixão por seu trabalho. E isso as faz sair de casa, todos os dias, infelizes. Imagina o quanto isso é desagradável!

E você? Como se sente em relação a sua vida profissional?


Graça Almeida
Graça Almeida

Palestrante Motivacional, Coach, Mentora, Terapeuta Holística e Consultora em Registros Akáshicos.

    2 replies to "INSATISFAÇÃO NO TRABALHO E SUAS CONSEQUÊNCIAS"

Leave a Reply

Your email address will not be published.